Psicologia - IMEPAC

Psicologia

A psicologia é o estudo cientifico do comportamento e da atividade mental e seus processos. Abrangendo não só o que as pessoas fazem, mas suas emoções, seus pensamentos, percepções, raciocínio, lembranças.

  • 5 anos
  • Presencial
  • Graduação Presencial

Sobre o Curso

A saúde mental tem sido cada vez mais valorizada e buscada. Estar emocionalmente bem, e assim permanecer, é fundamental para a vida, o trabalho, os estudos, as relações em casa ou com os amigos. Estes aspectos, acelerados pela rotina cada vez mais intensa e multiplicados na pandemia, impulsionam o crescimento e a valorização da área da psicologia.

O currículo do curso de Psicologia do IMEPAC Centro Universitário está organizado em atividades que consideram o contexto global sobre a saúde mental, contando com uma estrutura diferenciada e com um corpo docente altamente capacitado, permitindo ao estudante a construção de visão sistêmica dos processos psicológicos.

O Laboratório de Avaliação Psicológica integra o Centro de Simulação Realística, considerado o maior da América Latina e filiado, com exclusividade no Brasil, ao Center for Medical Simulation (CMS), instituição americana situada em Boston – MA, que conta com diversos Faculty da prestigiada Harvard Medical School, proporcionando práticas e simulações de aplicação de testes psicológicos.

Os estudantes também vivenciam a prática da psicologia clínica, bem como intervenções multiprofissionais com a comunidade, no Centro Ambulatorial Dr. Romes Nader. O ambulatório é um espaço com 43 consultórios para a realização de testes, exames e atendimentos psicológicos e de outras especialidades médicas, sempre sob a tutoria de profissionais referência em suas áreas.

Os estudantes se organizam e se engajam com o curso também por meio do diretório acadêmico, liga acadêmica, atlética, eventos e projetos de extensão, que propiciam a construção do conhecimento para além da sala de aula.

 

Laboratórios Especializados do Curso

Duração: 5 Anos
Carga Horária Total: 4050 horas
Turno de Funcionamento: Noturno
Tempo de Integralização: Mínimo 5 anos; Máximo 7,5 anos
Titulação: Bacharelado

Autorizado conforme Portaria SERES nº 116 de 20/02/2018 Publicada no DOU em 22/02/2018

O Curso de Psicologia do IMEPAC visa a formação do psicólogo voltado para a atuação profissional, para a pesquisa e para o ensino de Psicologia. O egresso do curso terá uma formação generalista e pluralista, que possibilitará uma visão abrangente e integrada dos processos psicológicos, contribuindo para que o psicólogo intervenha nas relações humanas no contexto do mundo globalizado e em constante transformação. Estará apto a desenvolver ações de prevenção, promoção, proteção e reabilitação da saúde psicológica e psicossocial, tanto no nível individual, quanto no coletivo, além de assumir posições de liderança em uma equipe multiprofissional, fazer gerenciamento e administração da força de trabalho, tomar iniciativas, ser empreendedor e gestor, além de comprometimento com sua formação continuada.

O egresso do curso de psicologia da IMEPAC estará apto a atuar mais especificamente em duas ênfases:

 

  •           Psicologia e Processos Clínicos que envolve a concentração de competências para atuar de forma ética e coerente com referenciais teóricos, valendo-se de processos de psicodiagnósticos, de aconselhamento, psicoterapia e outras estratégias clínicas;
  •           Psicologia e Processos de Gestão que abarca a concentração em competências definidas no núcleo comum da formação para o diagnóstico, o planejamento e o uso de procedimentos e técnicas específicas voltadas para analisar criticamente e aprimorar processos organizacionais.

Nesse sentido, as atividades de ensino, pesquisa e extensão são desenvolvidas no curso tendo como objetivo o desenvolvimento das seguintes competências gerais e específicas:

 

1.1.1        Competências gerais

De acordo com os Artigos 4º e 8º da Resolução CNE/CES nº 05/2011, o curso de Psicologia do IMEPAC possibilitará ao profissional a construção dos conhecimentos necessários para o desenvolvimento das seguintes competências e habilidades gerais:

  1.           Atenção à saúde: estar apto a desenvolver ações de prevenção, promoção, proteção e reabilitação da saúde psicológica e psicossocial, tanto em nível individual quanto coletivo, bem como a realizar seus serviços dentro dos mais altos padrões de qualidade e dos princípios da ética/bioética;
  2.           Tomada de decisões: estar fundamentado na capacidade de avaliar, sistematizar e decidir as condutas mais adequadas, baseadas em evidências científicas;

 III.            Comunicação: ser acessível e manter os princípios éticos no uso das informações a ele confiada, na interação com outros profissionais de saúde e o público em geral;

  1.           Liderança: no trabalho em equipe multiprofissional, estando apto a assumir posições de liderança, sempre tendo em vista o bem-estar da comunidade;
  2.           Administração e gerenciamento: estar apto a tomar iniciativas, fazer o gerenciamento e a administração da força de trabalho, dos recursos físicos e materiais e de informação, ser empreendedor, gestor, empregador ou líder;
  3.           Educação permanente: ser capaz de aprender continuamente, tanto na sua formação, quanto na sua prática, e de ter responsabilidade e compromisso com a sua educação e o treinamento das futuras gerações de profissionais, estimulando e desenvolvendo a mobilidade acadêmica e profissional, a formação e a cooperação através de redes nacionais e internacionais.

1.1.2        Competências específicas

  1.           analisar o campo de atuação profissional e seus desafios contemporâneos;
  2.           analisar o contexto em que atua profissionalmente em suas dimensões institucional e organizacional, explicitando a dinâmica das interações entre os seus agentes sociais;

 III.            identificar e analisar necessidades de natureza psicológica, diagnosticar, elaborar projetos, planejar e agir de forma coerente com referenciais teóricos e população-alvo;

  1.           identificar, definir e formular questões de investigação científica no campo da psicologia, vinculando-as a decisões metodológicas quanto à escolha, coleta e análise de dados em projetos de pesquisa;
  2.           escolher e utilizar instrumentos e procedimentos de coleta de dados em psicologia;
  3.           avaliar fenômenos humanos de ordem cognitiva, comportamental e afetiva;

VII.            realizar diagnóstico e avaliação de processos psicológicos de indivíduos, de grupos e de organizações;

VIII.            coordenar e manejar processos grupais, considerando as diferenças individuais e socioculturais dos seus membros;

  1.           atuar inter e multiprofissionalmente;
  2.           relacionar-se com o outro de modo a propiciar o desenvolvimento de vínculos interpessoais requeridos na sua atuação profissional;
  3.           atuar, profissionalmente, em diferentes níveis de ação, de caráter preventivo ou terapêutico, considerando as características das situações e dos problemas específicos com os quais se depara;

XII.            realizar orientação, aconselhamento psicológico e psicoterapia;

XIII.            elaborar relatos científicos, pareceres técnicos, laudos e outras comunicações profissionais, inclusive materiais de divulgação;

XIV.            apresentar trabalhos e discutir ideias em público;

  1.           saber buscar e usar o conhecimento científico necessário à atuação profissional.

 

Essas competências devem se apoiar nas habilidades de:

  1.           levantar informação bibliográfica em indexadores, periódicos, livros, manuais técnicos e outras fontes especializadas através de meios convencionais e eletrônicos;
  2.           ler e interpretar comunicações científicas e relatórios na área da Psicologia;

 III.            utilizar o método experimental, de observação e outros métodos de investigação;

  1.           planejar e realizar várias formas de entrevistas com diferentes finalidades e contextos;
  2.           analisar, descrever e interpretar relações entre contextos e processos psicológicos e comportamentais;
  3.           descrever, analisar e interpretar manifestações verbais e não verbais como fontes primárias de acesso a estados subjetivos;

VII.            utilizar os recursos da matemática, da estatística e da informática para a análise e apresentação de dados e para a preparação das atividades profissionais em Psicologia.

Nome: Celso André de Souza Barros Gonçalves
Titulação: Doutorado
Regime de Trabalho: Parcial
Tempo na Função: desde 2022

Experiência Acadêmica e Profissional

Psicólogo formado pela Universidade Federal de Uberlândia.
Doutor pela Université de Grenoble/França, reconhecido pelo Programa de Pós-graduação da USP/SP.
Mestre pela Université Lumières de Lyon II/França.
Experiência com Educação desde 2000.
Experiência com Magistério Superior desde 2014.
Experiência com Pesquisa desde 2007.

 

BSC – Gestão do Curso



Av. Minas Gerais, 1889 - Centro, Araguari - MG, 38444-128. (34) 99132-6806