IMEPAC discute projetos sobre Health Tech com empresas israelenses no Inovando Uberlândia.

Hoje o IMEPAC está participando do Inovando Uberlândia. O projeto foi idealizado pela embaixada do Brasil em Israel, e conta com o envolvimento direto da Associação Comercial e Industrial de Uberlândia (Aciub) no desenvolvimento e planejamento de ações.

A iniciativa é uma oportunidade para entender e fortalecer relações com Israel para um maior intercâmbio de ideias, estimulando, consequentemente, o desenvolvimento nos dois países. O encontro de hoje, “Second Regional Sector Meeting: Health”, aborda as novidades tecnológicas que vêm influenciando e apoiando o setor de saúde.
O IMEPAC é um grande case de sucesso no uso de tecnologias à serviço da vida, e por isso foi convidado a participar. Representando a instituição, estão presentes, o Reitor, José Júlio Lafayette, e o Coordenador do Curso de Medicina, Dr. Henrique Pierotti Arantes. Em sua apresentação inicial, o Dr. Henrique Pierotti salientou que instituição investe constantemente em Health Tech, tendo, por exemplo, construído em Araguari, o maior Centro de Simulação Realística da América Latina.

“Dentre os grandiosos projetos do IMEPAC nesta área, está a construção do Hospital Universitário Sagrada Família, que contará com 20 salas cirúrgicas, 49 leitos de UTI, sendo aproximadamente 25 mil m2 de área construída. E a simulação será o coração do HUSF.”

O encontro é também uma oportunidade de identificar parcerias estratégicas que são viáveis, e promover um intercâmbio de ideias da área para fomentar ainda mais a inovação e avanço tecnológico, que afetam diretamente a comunidade.
O meeting conta com importantes representantes da política e do empresariado brasileiro, aos quais agradecemos em nome da Câmara de Comércio Brasil-Israel e da ACIUB.
“Eventos como este contribuem para o avanço de toda a região. É uma satisfação poder compartilhar um pouco da nossa história de pioneirismo, e buscar sempre novas oportunidades para trazer a melhor formação aos nossos profissionais e contribuir para o desenvolvimento da saúde no Brasil e no mundo.”