Tecnologia em Análise e Desenvolvimento de Sistemas

O curso tem como objetivo formar tecnólogos em Análise e Desenvolvimento de Sistemas capazes de analisar, projetar, desenvolver, implantar e manter sistemas computacionais utilizando metodologias, tecnologias e ferramentas da Engenharia de Software, linguagem de programação e bancos de dados. Além disso, busca a formação de profissionais comprometidos com a universalidade da vida nos aspectos científico, humanístico, social, político, econômico, cultural e ambiental, e com a comunidade onde está inserido.

  • 2 anos e meio
  • Digital
  • EAD
  • INSCRIÇÕES ENCERRADAS

Sobre o curso

O curso tem como objetivo formar tecnólogos em Análise e Desenvolvimento de Sistemas capazes de analisar, projetar, desenvolver, implantar e manter sistemas computacionais utilizando metodologias, tecnologias e ferramentas da Engenharia de Software, linguagem de programação e bancos de dados. Além disso, busca a formação de profissionais comprometidos com a universalidade da vida nos aspectos científico, humanístico, social, político, econômico, cultural e ambiental, e com a comunidade onde está inserido.

Laboratórios Especializados do Curso

O egresso do CST em Análise e Desenvolvimento de Sistemas do IMEPAC será um profissional com sólida formação técnica e humana, com uma visão crítica e criativa na identificação e resolução de problemas, apto a analisar, projetar, desenvolver, especificar, testar, implantar e manter sistemas computacionais de informação bem como trabalhar com ferramentas computacionais, equipamentos de informática e metodologia de projetos na produção de sistemas, utilizando de raciocínio lógico, emprego de linguagens de programação e de metodologias de construção de projetos, preocupação com a qualidade, usabilidade, robustez, integridade e segurança de programas computacionais.

Além da formação técnica, busca-se que o egresso desenvolva sensibilidade sobre as questões sociais, profissionais, legais, éticas, políticas e humanas, bem como das questões culturais e ambientais envolvidas no uso das tecnologias da computação e no atendimento e na antecipação estratégica das necessidades da sociedade.

Desta forma, alinhado às Diretrizes Curriculares Nacionais para os cursos de tecnologia, Resolução CNE/CP 3/2002, e ao Catálogo Nacional dos Cursos Superiores de Tecnologia, espera-se que ao final do curso o aluno demonstre as seguintes competências e habilidades:

  1. Identificar problemas que têm uma solução algorítmica;
  2. Analisar, projetar, desenvolver, especificar, testar, implantar e manter sistemas computacionais de informação;
  3. Avaliar, selecionar, especificar e utilizar metodologias, tecnologias e ferramentas da Engenharia de Software, linguagem de programação e banco de dados
  4. Coordenar equipes de produção de softwares;
  5. vistoriar, realizar perícia, avaliar, emitir laudos e pareceres técnicos em sua área de formação;
  6. Trabalhar com ferramentas computacionais, equipamentos de informática e metodologia de projetos na produção de sistemas, utilizando o raciocínio lógico, emprego de linguagens de programação e de metodologias de construção de projetos, preocupação com a qualidade, usabilidade, robustez, integridade e segurança de programas computacionais;
  7. Resolver problemas usando um ambiente de programação;
  8. Tomar decisões e inovar, com base no conhecimento do funcionamento e das características técnicas de hardware e da infraestrutura de software dos sistemas de computação, consciente dos aspectos sociais, profissionais, legais, éticos, políticos e humanísticos, bem como das questões culturais e ambientais decorrentes;
  9. Avaliar criticamente projetos de sistemas de computação;
  10. Adaptar-se às mudanças tecnológicas e aos novos ambientes e modelos de trabalho, mantendo-se atualizado acerca das práticas emergentes na sua área de formação;
  11. Empreender e exercer a liderança, coordenação e supervisão na sua área de atuação profissional;
  12. Selecionar, configurar e gerenciar tecnologias da informação nas organizações; 
  13. Atuar nas organizações públicas e privadas, para atingir os objetivos organizacionais, usando as modernas tecnologias da informação; 
  14. Identificar oportunidades para a inovação com o uso de tecnologias da informação nas organizações;
  15. Comparar soluções alternativas para demandas organizacionais; 
  16. Gerenciar, manter e garantir a segurança dos sistemas de informação e da infraestrutura de Tecnologia da Informação das organizações; 
  17. Modelar e implementar soluções de Tecnologia de Informação em variados domínios de aplicação; 
  18. Interagir com pessoas que atuam no processo de negócio apoiado pelo Sistema de Informação;
  19. Representar os modelos mentais dos indivíduos e do coletivo na análise de requisitos de um Sistema de Informação; 
  20. Aplicar conceitos, métodos, técnicas e ferramentas de gerenciamento de projetos em sua área de atuação; e
  21. Utilizar os conhecimentos em análise e desenvolvimento de sistemas de forma a promover a construção de uma sociedade mais inclusiva, justa e igualitária.

Autorizado conforme Portaria SERES nº 501, de 29/10/2019, publicada no DOU em 31/10/2019

IMEPAC Centro Universitário

Av. Minas Gerais, 1889 - Centro, Araguari - MG, 38444-128. (34) 99132-6806