Alunos do Direito participam de mutirão de audiências para conversão de união estável em casamento

Notícias

Alunos do Direito participam de mutirão de audiências para conversão de união estável em casamento

quarta, 29 de novembro de 2017 | Categoria: Geral

 

            Na tarde de ontem (29), o Tribunal de Justiça, por meio do Centro Judiciário de Solução de Conflito e Cidadania (CEJUSC) – núcleo Araguari -, realizou um mutirão de audiências para conversão de união estável em casamento. O projeto pioneiro contou com a parceria da Prefeitura Municipal, por meio da Secretaria de Trabalho e Ação Social, IMEPAC Araguari, 47ª Subseção da Ordem dos Advogados do Brasil, Ministério Público, Defensoria Pública e Cartório de Registro Civil.

            O evento aconteceu na sede da OAB Araguari e teve como objetivo regularizar a situação de 71 casais que vivem em união estável, conferindo as eles os direitos legais e fortalecendo as relações familiares. A mesa de honra da cerimônia foi composta pelas seguintes autoridades: Dra. Juliana Faleiro de Lacerda Ventura, Juíza de Direito da 2ª Vara Cível, Diretora do Foro de Araguari e Coordenadora do CEJUSC; Dr. David Abdalla Filho, representando a 47ª Subseção da OAB; Dra. Lílian Tobias, representando o Ministério Público; Eunice Maria Mendes, secretária de Trabalho e Ação Social; Dr. Yslyg Abreu Veloso, representando a Defensoria Pública do estado de Minas Gerais; Dr. Pedro Marcos Begatti, Juiz de Direito Titular da 2ª Vara Cível e Coordenador do CEJUSC de Patrocínio; Dra. Ana Régia Santos Chagas, Juíza de Direito Titular da 4ª Vara Cível; Dr. Marco Aurélio Nogueira, Promotor de justiça e coordenador do curso de Direito do IMEPAC; Dra. Adriana Alves Quintino, coordenadora do Núcleo de Práticas Jurídicas do IMEPAC; Sra. Jéssica Silvano, representando o Cartório de Registro Civil, subtenente Lucenildo Batista Alves, representando a 3ª Cia do Corpo de Bombeiro; e Ten. Cel. Adriano César Ribeiro Araújo, comandante do 53º Batalhão da Polícia Militar.

            Segundo a Dra. Juliana Faleiro de Lacerda Ventura, o mutirão de audiências já vem sendo realizado em outras comarcas, sendo esta a primeira vez no município de Araguari. “Desejo aos casais muitas felicidades e que a data de hoje seja considerada como um marco positivo na vida familiar de todos, com a renovação dos vínculos afetivos entre o casal e com os filhos.”

            Convém destacar que o Posto de Atendimento Pré-Processual do CEJUSC está instalado no Núcleo de Práticas Jurídicas (NPJ) do IMEPAC Araguari. Ali são agendadas e realizadas audiências de conciliação/mediação para casos em que ainda não há um processo na justiça, visando obter o acordo entre as partes, evitando assim, a judicialização de processos. Sendo assim, os estudantes estagiários curso de Direito (7º ao 10º período) foram convidados a participar da cerimônia e auxiliar diretamente os procedimentos. “É com grande satisfação que fazemos esse trabalho em parceria. Trata-se de um projeto que causa um grande impacto tanto na comunidade araguarina quanto nos nossos alunos que estão aqui atuando na realização do evento, contribuindo consideravelmente para o aprendizado destes futuros profissionais”, disse a Profa. Adriana Quintino, coordenadora do NPJ.

            O Dr. Marco Aurélio Nogueira, promotor de justiça e coordenador do curso de Direito esteve presente no evento e ressaltou a grande conquista, elogiando o trabalho da juíza responsável. “Aqui temos 71 casais, araguarinos ou não, frutos de um sonho de uma juíza, de alguém que pensou que os senhores tinham direitos! A certidão de casamento é a perpetuidade de ‘um outro’ ao seu lado. Parabéns, Dra. Juliana! Aos senhores, sejam felizes de acordo com a lei!”

           Além da parceria com os estudantes estagiários, o IMEPAC Araguari ofereceu um belo bolo de casamento aos presentes, parabenizando e fazendo votos de cumplicidade e felicidade a todos os casais.

 

Confira as fotos do evento!