Enfermagem

Duração: 05 anos Turno: Diurno/Noturno – Semestral Tempo de Integralização: Min. 10 semestres | Max. 15 semestres.

Titulação: Enfermeiro(a) Carga Horária Total: 4.000 h

SOBRE O CURSO

O Curso de Enfermagem da IMEPAC Araguari visa à formação de profissionais qualificados. O perfil profissional a ser construído pelo Curso de Enfermagem do Instituto Master de Ensino Presidente Antônio Carlos - IMEPAC – Araguari está baseada no conjunto das competências, habilidades e atitudes necessárias para a formação de um profissional flexível que acompanhe de forma sistemática e crítica os permanentes desafios tecnológicos e as mudanças ocorridas no mundo do trabalho. Que incorpore à princípios científicos e intelectuais, princípios humanísticos e éticos e que busque a valorização e a melhoria da qualidade de vida da sociedade.

Que seja capaz de “conhecer e intervir sobre os problemas/situações de saúde-doença prevalentes no perfil epidemiológico nacional, com ênfase na sua região de atuação, identificando as dimensões bio-psicosociais dos seus determinantes” e que antevendo a necessidade de um processo contínuo de construção de competências que demandam de aperfeiçoamento e atualização constantes, o futuro profissional deve ter como princípio a educação continuada enquanto um processo permanente que garantirá a sua atuação na sociedade de forma competente e responsável. A liderança, a capacidade de tomar decisões e de interagir com outros profissionais deve ser uma preocupação constante desse profissional.

Um profissional “capacitado a atuar, com senso de responsabilidade social e compromisso com a cidadania” que cumpra e que faça cumprir os preceitos da dignidade humana e que seja “promotor da saúde integral”.

O QUE FAZ O PROFISSIONAL

O enfermeiro é qualificado para uma atuação generalista, ética, humanística e investigativa, fundamentada nas diretrizes do Ministério da Educação e levando em conta os princípios do Sistema Único de Saúde (SUS). Sua formação tem como eixo o processo de cuidar do ser humano, nas suas dimensões individual e coletiva em consonância com as políticas vigentes.

MERCADO DE TRABALHO

O profissional de enfermagem, ao contrário do que muitos pensam, não encontra mercado de trabalho somente dentro dos hospitais ou postos de saúde. Ele pode atuar como integrante da área de saúde de empresas, cuidar de pessoas em tratamento em casa e em laboratórios junto aos farmacêuticos na elaboração de implementos científicos que melhorem a eficácia dos tratamentos médicos. Também, pode atuar em programas como, Saúde da Família e em equipes que façam a vigilância sanitária de empresas, escolas e outros estabelecimentos comerciais. Pode se especializar também, na área acadêmica, produzindo artigos que visem contribuir de alguma forma para a evolução no tratamento dos pacientes, a partir do estudo de casos. Para quem deseja especializar-se na área acadêmica, também, há a opção de dar aulas nas universidades de enfermagem espalhadas pelo país. A enfermagem é uma profissão predominantemente exercida por mulheres, mais de 70% dos profissionais da área são do sexo feminino, porém não há uma diferença salarial significativa entre homens e mulheres nesta profissão.

ATO AUTORIZATIVO DO CURSO

RECONHECIDO pelo Decreto do Governador de 06/12/2005, Publicado no jornal “MG” de 07/12/2005.

RENOVAÇÃO DE RECONHECIMENTO PROTOCOLADA NO SISTEMA E-MEC SOB O NÚMERO: 200905312

COORDENAÇÃO DO CURSO

Coordenadora do Curso: Professora Especialista Karla Cristina Walter


Formação Acadêmica:

  • Graduada em Enfermagem pela Universidade Presidente Antônio Carlos (2007). 
  • Especialista em Urgência e Emergência pela Pontifícia Universidade Católica de Goiás (2009).
  • Mestranda em Educação pela Universidade de Uberaba (UNIUBE) e pela Universidade de Coimbra (UC-Portugal)

Experiência Profissional:

  • Coordenadora do Curso de Enfermagem do Instituto Master de Ensino Presidente Antônio Carlos , e Professora nos cursos da saúde: Enfermagem, Farmácia.
  • Professora no curso de Medicina da Interação Comunitária.
  • Membro do Núcleo de Estudos em Filosofia Antiga e Humanidades (NEFAH), da Universidade Federal de Uberlândia (UFU).

REGIME DE TRABALHO

O Regime de Trabalho do Coordenador é Parcial, com dedicação de 20h semanais para a coordenação.

CORPO DOCENTE DO CURSO

Núcleo Docente Estruturante do Curso:

  • Adriana Herman (Especialista)
  • Ismelinda Maria Diniz Mendes Souza (Mestre)
  • Karla Cristina Walter  (Especialista)
  • Mirna Gertrudes (Doutora)
  • Rosana de Cássia Oliveira (Doutora)

Corpo Docente:

PROFESSOR

TITULAÇÃO

Adriana Herman

Especialista

Alexandre Gonçalves

Doutor

Anicésia Cecília Ludovico

Especialista

Carivan Cordeiro

Mestre

Danielle Fernandes Alves

Mestre

Efigênia Aparecida Maciel de Freitas

Doutora

Gilma Maria Rios

Doutora

Herbert Cristian de Souza

Mestre

Ismelinda Maria Mendes Souza

Mestre

Juliana Huss

Mestre

Leonardo Gomes Peixoto

Pós Doutor

Luciano Tadeu Nunes

Mestre

Mara Filbida

Especialista

Norma Cristina de Sousa

Mestre

Renata Cristina Cesário Santos

Doutora

Renato Freitas Urzedo

Especialista

Rosana de Cássia Oliveira

Doutora

 

MATRIZ CURRICULAR

MATRIZ CURRICULAR

 

OBJETIVOS DO CURSO

Objetivos Geral:

Dotar o graduando em enfermagem dos conhecimentos, habilidades e atitudes necessárias para o exercício do profissional enfermeiro, capacitando-o a enfrentar os permanentes desafios tecnológicos e as mudanças ocorridas no mundo do trabalho

Objetivos Específicos:

A) Na esfera do Conhecimento:

  • Compreender as bases conceituais dos princípios humanísticos éticos e bioéticos, das relações interpessoais, comunicação e informação, princípios e métodos científicos, tecnologia e processo de trabalho no campo da enfermagem;
  • Compreender os conceitos centrais envolvidos na prática profissional, na promoção da saúde individual e coletiva, na segurança e intervenção nos agravos, minimizando seus efeitos na promoção do bem estar social;
  • Compreender a relação homem/ambiente nas suas dimensões sociais, econômicas, culturais, políticas, antropológicas, psicológicas, sociológicas e biológicas;
  • Conhecer os principais problemas de saúde que afetam a população e os indivíduos na sociedade atual e seus determinantes;
  • Conhecer as principais formas de investigação e detecção dos problemas de saúde que afetam os indivíduos e a população;
  • Conhecer as principais formas de intervenção nos problemas de saúde preconizados pelo Ministério de Saúde.

B) No Domínio das Habilidades Intelectuais:

  • Acessar, selecionar e manejar informações;
  • Identificar, analisar e interpretar os problemas de saúde na prática profissional;
  • Buscar, selecionar e integrar os conhecimentos necessários para as soluções dos problemas;
  • Utilizar a metodologia científica na aquisição e produção do conhecimento;
  • Utilizar o raciocínio investigativo para compreensão dos problemas e tomadas de decisões;
  • Utilizar e manejar apropriadamente as técnicas, os instrumentos, procedimentos e outros recursos tecnológicos aplicados na prática profissional do enfermeiro;
  • Utilizar de forma adequada os meios de comunicação verbal e não-verbal nas relações de trabalho e no atendimento ao indivíduo e/ou coletividade;
  • Organizar, coordenar, capacitar e liderar as equipes de trabalho da sua área de competência.

C) No Domínio das Atitudes:

  • Compreender o papel do exercício profissional como um instrumento de promoção de transformações sociais;
  • Apropriar-se de novas formas de aprender, conectadas com a realidade concreta, aprimoramento à independência intelectual, o exercício da crítica e autonomia no aprender;
  • Desenvolver a atitude científica valorizando a produção e utilização do conhecimento científico/tecnológico, aprimorando o rigor científico e intelectual e suas ações sociais e profissionais;
  • Ter espírito empreendedor;
  • Aprimorar valores éticos e humanísticos essenciais para o exercício profissional, solidariedade, respeito à vida humana, convivência com a pluralidade e diversidade de pensamentos;
  • Assegurar o mais alto grau possível de qualidade na atenção prestada ao indivíduo e coletividade, com responsabilidade e compromisso;
  • Reconhecer os limites e as possibilidades de sua prática profissional e,
  • Buscar constante aprimoramento profissional através da educação permanente.

PERFIL DO EGRESSO

Competências e Habilidades:

  • Considera como eixo fundamental na formação profissional, tendo como fundamento a promoção da saúde dos indivíduos e da coletividade.
  • Possuir competências e habilidades para avaliar, sistematizar e decidir as condutas mais adequadas, baseadas em evidências científicas.
  • Ter habilidade de comunicação verbal, não – verbal e habilidades de escrita e leitura: o domínio de pelo menos, uma língua estrangeira e de tecnologias de comunicação e informação.
  • Liderar envolvendo o compromisso, responsabilidade, empatia e habilidade para tomada de decisões, comunicação e gerenciamento de forma efetiva e eficaz.
  • Enfermeiro com atitudes gerenciais, sujeito ativo para a própria formação profissional, e com senso crítico para contribuir com o sistema único de saúde local, regional e nacional
  • Que seja capaz de “conhecer e intervir sobre os problemas/situações de saúde-doença prevalentes no perfil epidemiológico nacional, com ênfase na sua região de atuação, identificando as dimensões bio-psicosociais

Atividades Acadêmicas Relacionadas:

  • Fundamentos da Sociologia, Epidemiologia e Saneamento, Bioestatística, Introdução à Ciência Política, Políticas Públicas de Saúde,
  • Enfermagem em Saúde Coletiva I e ll, Saúde da Família.
  • Anatomia I e ll, Introdução à Enfermagem, Métodos para Normalização de Trabalhos Acadêmicos, Semiologia e Semiotécnica I e ll, Sistematização da Assistência de Enfermagem, Enfermagem em Clínica Médica, Legislação e Ética em Enfermagem, Trabalho de Conclusão de Curso I e ll, Estágio Supervisionado I e ll.
  • Língua Portuguesa, Comunicação em Saúde Informática e Língua Inglesa, Língua Brasileira de Sinais – LIBRAS.
  • Gestão dos Serviços de Enfermagem I e ll, Legislação e Ética em Enfermagem, Didática Aplicada à Enfermagem.
  • Gestão dos Serviços de Enfermagem I e ll, Políticas Públicas de Saúde, Psicologia Aplicada à Enfermagem, Enfermagem em Saúde Coletiva I e ll, Saúde da Família.
  • Epidemiologia e Saneamento, Fundamentos da Sociologia, Introdução à Ciência Política, Psicologia Aplicada à Enfermagem, Políticas Públicas de Saúde, Enfermagem em Saúde Coletiva I e ll, Saúde da Família.

LABORATÓRIOS ESPECIALIZADOS DO CURSO

INFORMAÇÕES

karla.cris@imepac.edu.br